Um município do Sertão Central já apresenta caso suspeito de varíola dos macacos

images-4.jpeg

O município de Caridade, no Sertão Central, é o único da região até o momento que apresenta um caso suspeito de varíola dos macacos. As informações foram confirmadas à imprensa cearense pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). Ao todo o Ceará tem 11 casos suspeitos pela doença.

O detalhamento dos casos suspeitos que seguem em investigação, ocorreu na tarde desta quarta-feira (29), quando a Sesa confirmou o primeiro caso de varíola dos macacos em um paciente de 35 anos que reside em Fortaleza. De acordo com a Secretaria ele teria viajado para Rio de Janeiro e São Paulo.

Foi o primeiro caso confirmado da varíola dos macacos desde que o surto da doença começou a se intensificar por todo o Brasil. De acordo com a Sesa até o momento 14 casos suspeito já foram mapeados no Ceará, dois deles, um em Fortaleza e outro em Maracanaú, foram descartados. Os demais que seguem aguardando análise laboratorial são em Fortaleza (5), Cedro (1), Caucaia (1), Caridade (1), Russas (1), São Gonçalo do Amarante (1) e Ocara (1).

“Em todas as notificações foram aplicadas as medidas recomendadas, como isolamento, busca ativa de contatos e coleta de material para exames laboratoriais para elucidação do caso e para diagnóstico diferencial para outras doenças, que estão em processamento”, afirmou a Secretaria de Saúde do Estado em nota.

Nesta quinta-feira (30) as autoridades em saúde irão dar uma coletiva de imprensa para revelar detalhes do caso confirmado em Fortaleza. Participarão do encontro a secretária executiva de Executiva de Atenção à Saúde e Desenvolvimento Regional (Seade) da Sesa, Tânia Mara Coelho, a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa, Sarah Mendes, e a secretária de Saúde de Fortaleza, Ana Estela Leite.

O número de casos de varíola dos macacos (monkeypox) no Brasil chega a 37, segundo informações do Ministério da Saúde. O Rio de Janeiro, chega a seis casos e, assim como o Ceará, confirmou mais um caso nesta quarta. São Paulo tem 28 casos confirmados. Somando-se os dois registros do Rio Grande do Sul e os do Rio e de Minas, o Brasil chega a 37 casos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top