Redução do ICMS nos combustíveis de 29% para 20% começa a valer no Ceará

Redução esperada e prometida por Izolda, era de 29% para 18%. Sendo que a governadora havia recuado da proposta e promessa inicial, optando por mudar a proposta com apoio da AL; agora será 20%. Uma redução de apenas 9%.

Foto: Divulgação Internet.

Após promessa adiada e modificada, a governadora do Ceará, Izolda Cela (PDT), sancionou nessa terça-feira a redução da alíquota do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo.

A redução esperada e prometida por Izolda era de 29% para 18%. Sendo que a governadora havia recuado da proposta e promessa inicial e optou por mudar a proposta com apoio da Assembleia Legislativa do Ceará, agora será 20%. Uma redução de apenas 9%.

A matéria aprovada pelos deputados estaduais determina a cobrança de 2% do ICMS sobre os itens essenciais em que a incidência já era prevista para destinação ao Fundo (no caso, gasolina e energia). Dessa forma, a alíquota do ICMS cobrada sobre a gasolina e energia elétrica será de 20%, já que 2% serão para o financiamento do Fecop.

O deputado estadual Luiz Henrique (Republicanos) cobrou o aumento do ICMS sobre o cigarro e o álcool. Para o parlamentar, o desestímulo ao consumo dos ítens traz benefício para saúde dos cearenses.

Fonte: Revista Ceará.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top