Mais da metade das tentativas de golpe no Brasil miram bancos e cartões, segundo estudo

golpes-cartoes-de-credito.jpg

De acordo com um estudo realizado pelo Indicador Serasa Experian, o principal alvo dos golpes no Brasil é o segmento de bancos e cartões. Do total de investidas dos golpistas, 53,3% focaram nesse grupo.

Só no mês de maio, segundo o estudo, 331.162 brasileiros foram vítimas das tentativas de fraude. Esse volume significa que, a cada 8 segundos, alguém estava tentando aplicar um golpe por aqui no país.

Na segunda posição, está o segmento das empresas financeiras, com 17,1%, seguido por serviços (16,1%), varejo (10,6%) e telefonia, com apenas 3% do total das tentativas de golpe. Para suas conclusões, o estudo analisa números de utilização indevida de identidade, como abertura de contas em bancos e até mesmo emissão de cartões.

Vítimas de golpe por idade
O estudo do indicador também analisou a faixa etária das vítimas, sendo o grupo mais atingido aquele das pessoas com idade entre 36 e 50 anos. Esta parcela foi vítima 36,1% das tentativas.

Em seguida, está o grupo de pessoas com 26 até 35 anos de idade, que são alvo de 27,5% do total. Pessoas com idade entre 51 e 60 anos (14%) estão na terceira colocação, seguidas das pessoas com idade até 25 anos (11,4%) e, por fim, o grupo de pessoas acima de 60 anos, com 10,9%.

Já com relação às regiões do Brasil, a maior parte das tentativas de golpe aconteceram no Sudeste, 52,1%. O Nordeste registrou 17,3% das investidas dos fraudadores, enquanto o Sul veio em seguida (16,6%), tendo o Centro-Oeste (8,9%) e o Norte (6,1%) depois.

Cuidados necessários contra os golpes
Caio Rocha, Head de Produtos de Verificação de Identidade e Prevenção à Fraude da Serasa Experian, diz que é importante que o usuário tenha cuidado ao compartilhar seus dados pessoais. “Os criminosos estão sempre desenvolvendo novas formas de aplicar seus golpes”, aponta.

Para Rocha, é fundamental para a segurança da pessoa ter atenção com onde ela insere suas informações e com quem as compartilha na hora de realizar suas transações. “Em caso de compras online, é importante que sempre se confira a procedência dos portais e que se cheque as experiências de outros usuários”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top