Conheça a história do município de Milhã

Milha.jpg
A povoação desta região data do início do Século XX.
No inicio chamava-se sitio Conceição, mas no ano de 1887 tornou-se vila, com o mesmo nome (Conceição) que, portanto, influenciaria na escolha da padroeira da futura cidade. A atual denominação tem origem no capim que era encontrado em grande abundancia na região.
No ano de 1983 por intermédio do deputado Pinheiro Landim, um projeto é apresentado na Assembleia Legislativa do Ceará, visando a emancipação política da vila. Após a tramitação do projeto, chegava a hora da população atestar o anseio de emancipação, e em 22 de janeiro de 1984, um plebiscito foi realizado na comunidade, a população então, disse “sim”, aumentando as chances da vila obter o status de cidade e sua tão almejada liberdade político- administrativa.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Milhã (ex-povoado), pelo Decreto n.º 1.540, de 03-05-1935, subordinado no município de Cachoeira.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o distrito de Milhã, figura no município Cachoeira.
Pelo Decreto Estadual n.º 1.114, de 30-12-1943, o município de Cachoeira passou a denominar-se Solonópole.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o distrito de Milhã figura no município de Solonópole (ex-Cachoeira).
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Elevado à categoria de município com a denominação de Milhã, pela Lei Estadual n.º 4.448, de 03-01-1959, desmembrado de Solonópole. Sede no antigo distrito de Milhã. Constituído de 2 distritos: Milhã e Carnaubinha, ambos desmembrado de Solonópole.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Milhã e Carnaubinha.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963.
Pela Lei Estadual n.º 8.339, de 14-12-1965, é extinto o município de Milhã, sendo seu território anexado ao município de Solonópole, como simples distrito.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, Milhã figura como distrito de Solonópole.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1983.
Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Milhã, pela Lei Estadual n.º 11.011, de 05-02-1985, alterado em seus limites pela Lei Estadual n.º 11.011, de 05-02-1985, desmembrado de Solonópole. Sede no antigo distrito de Milha. Constituído de 2 distritos: Milhã e Carnaubinha, ambos desmembrados de Solonópole. Instalado em 01-01-1986.
Pela Lei Estadual n.º 11.315, de 15-05-1987, é criado o distrito de Monte Grave e anexado ao município de Milhã.
Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído de 3 distritos: Milhã, Carnaubinha e Monte Grave.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2001.
Pela Lei Municipal n.º 012, de 16-12-2002, foram criados os distritos Baixa Verde, Barra e Ipueira anexado ao município de Milhã.
Em divisão territorial datada de 2007, o município é constituído de 6 distritos: Milhã, Baixa Verde, Barra, Carnaubinha, Ipueira e Monte Grave.

Fonte

Milhã (CE). Prefeitura. 2015. Disponível em: http://www.milha.ce.gov.br/informa.php?id=1. Acesso em: jul. 2017.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top