Casal é preso por cobrar pagamentos a funcionários públicos do Ceará

Foto: Polícia Civil do Estado do Ceará

Um casal, que fingia ser funcionário do Tribunal de Justiça do Amapá para dar golpes em servidores públicos do Ceará, foi preso nesta quarta-feira (22) em Maracanaú, na região metropolitana de Fortaleza. Os suspeitos enviaram mensagens às vítimas pedindo adiantamentos para a liberação de precatórios, ou seja, pedidos de pagamento de uma quantia específica que o governo deveria pagar em um processo judicial.

Segundo o delegado da Polícia Metropolitana de Maracanaú, Rodrigo Delamary, estima-se que as vítimas sofreram perdas de pelo menos 150 mil reais.

Um homem de 23 anos, condenado por tentativa de homicídio, furto, lesão corporal e dois ferimentos, e uma mulher de 37 anos, anteriormente sem antecedentes, foram levados para a Delegacia de Maracanaú, onde foram cumpridas ordens judiciais e permanecem à disposição do judiciário.

Seis aparelhos celulares, um notebook, uma maquineta e três pen drives foram apreendidos. As prisões aconteceram durante uma operação interestadual intitulada “Golpe dos Precatórios” desencadeada pela Polícia Civil do Estado do Ceará e pela Polícia Civil do Amapá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top