Bolsonaro confirma aumento do Auxílio Brasil para R$ 600

bolsonaro.webp

Foto: Sérgio Lima/AFP

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou nesta sexta feira (24) que o governo decidiu aumentar o valor da parcela do Auxílio Brasil para R$ 600 mensais até o fim deste ano. Hoje, o valor é de R$ 400. Fez o anúncio em evento que entregou casas populares em João Pessoa (PB).

“Vivemos momentos difíceis no Brasil e no mundo. Inflação atinge todo o globo, o mundo todo. Mas isso a gente supera. Como a imprensa está anunciando que o Auxílio Brasil vai passar de R$ 400 para R$ 600, é o governo entendendo o sofrimento dos mais humildes e, dessa forma, buscando atender a todos”, disse.

A ideia neste momento é esta:
R$ 400 de renda básica familiar
R$ 200 de ajuda por causa da guerra na Ucrânia (para compensar pela alta de preços de comida e energia).

Na prática, para as 18,1 milhões de famílias, o que conta é o pagamento mensal de R$ 600. O argumento a ser usado pelo governo é que a guerra na Ucrânia impôs a necessidade de oferecer um alívio para os mais pobres, que sofrem com a inflação no preço dos alimentos e de energia.

As mudanças reduzem, porém, a arrecadação dos Estados com o tributo. Os governadores não gostam do projeto e resistem às mudanças. O Poder360 apurou que o corte de tributos do ICMS custaria, ao todo, R$ 73 bilhões.

A PEC dos Combustíveis, em discussão no Senado, reservou um montante para compensar os governos estaduais pelas perdas. Mesmo assim, a proposta foi rechaçada por muitos secretários de Fazenda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

scroll to top